Na manhã da última quarta-feira, (10/01), a Diretora do SAAE Rosemary Paixão, explanou as ações realizadas pela Autarquia do município no ano de 2017 e destacou algumas ações que serão realizadas em 2018, a fim de melhorar os serviços prestados a comunidade.

A Diretora Rosemary Paixão colocou em pauta algumas de suas ações realizadas no ano de 2017 e ressalta uma maior abrangência na zona rural e uma atenção especial às extensões de Água e Esgoto que nunca foram priorizadas em governos passados, como 700 metros de extensão de água no Pitanguinha, barragem de Pedra Branca para abastecer a escola e os moradores, implantação no Retiro do Bomfim de 400 metros de extensão de água, além das mudanças na tecnologia no tratamento e distribuição da água, ela cita que “antigamente a tecnologia era muito primária, estamos investindo muito na qualidade da água, investindo em nova extensão de esgoto e na estrutura administrativa. São 60 anos de Autarquia sem crescimento e hoje estamos com muitas ligações de água, só no ano de 2017 foram 400 novas ligações”.

Além dos investimentos feitos no esgotamento sanitário, cerca de R$ 709,000 em insumos, mãos de obra e hora extra para dá atenção ao esgoto, “esgoto nunca foi uma prioridade do SAAE, por que não se tem receita para isto e investimento em esgotamento sanitário é muito caro, então nenhuma gestão se comprometeu em fazer e nós fizemos e fizemos mais de 5000 metros de nova extensão de água”.

Em relação ao recapeamento do asfalto ela ressalta que em 2017 houve muitas intervenções de esgoto e água, com isso foram abertos buracos nas ruas e as intervenções com o afasto quente foram deixadas para serem feitas no final do ano, em decorrência do asfalto quente ser um insumo que não pode ser reservado ela acrescenta que “80% dos buracos que o SAAE fez, foram recapeados e as ruas que forem feitas outras intervenções, em 2018, faremos o recapeamento”.

Sobre o tratamento e qualidade da água estar sendo cumprindo a portaria do MS (Ministério da Saúde) ainda assim ocorreram melhoras e investimentos tecnológicos. Em visita a SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) ela pode trazer novas tecnologias para o melhoramento da qualidade da água em Valença, o pH da água hoje está em 7. Foram contratados 42 novos servidores que vinheram para reforçar o quadro, como engenheiro civil e ambiental prestando serviços com qualidade, “graças a isso estamos podendo planejar e fiscalizar as obras dentro das normas do conselho de engenharia civil”.

Ela ainda destacou o fato do SAAE de Valença nunca ter sido visto como referência e hoje já recebeu visitas do SAAE de Itapetinga e da comissão do prefeito de Mata de São João, que vinheram com o objetivo de entender como funciona e parabenizar pela estrutura administrativa montada. “Hoje estamos sendo referencia em mudança e em gestão e isso é muito gratificante. É um trabalho para ser desenvolvido ao longo dos anos, ajudar a gestão e fazer o SAAE crescer”.

O SAAE tem buscado otimizar o seu atendimento a comunidade, foram feitas duas divisões da equipe uma para parte da água e a outra para o solo mantendo chefe e equipes de plantão durante 24 horas  acompanhando as operações na rua dando mais atenção a população e destacando  uma equipe preocupada com a população .

Sobre o aumento de 7% da taxa da água esse aumento sempre foi concedido na Autarquia de Janeiro a Março, ela enfatiza que “quando a nova gestão assumiu foi necessário ficarmos por dentro da situação financeira do SAAE e este aumento só foi concedido em Maio, o aumento de nossa gestão foi o menor aumento que teve na história, anteriormente sempre foi de 7,5 a 11,27%”. Para tanto se faz necessário esse reajuste visto que os investimentos se faz necessário para melhorias na qualidade da água e do esgotamento sanitário.

Finalizando, a Diretora ressalta que tem total responsabilidade, compromisso e zelo na administração do dinheiro público, o dinheiro público é do cidadão que pagou a tarifa e a Autarquia faz o investimento e tem muita cautela com todos os gastos, sendo eles sempre publicizados no tribunal de contas e enviado a Câmara Legislativa.

Fonte: Ascom-Prefeitura Municipal de Valença

Foto: Valdemir Lima